A doceria afetiva do Amo-te Lisboa

Eu sempre acreditei que a gastronomia é um genuíno vetor de expressão cultural. O ritual da refeição, os ingredientes, os temperos, a maneira como a tradição dos povos passa de geração em geração por meio da comida. Isso não fascina você? Pois a mim, muito. Neste fim de semana, a inauguração oficial da doceria Amo-te Lisboa em Bento Gonçalves me colocou num contato direto com a minha ascendência portuguesa, que vem de minha vó materna, de sobrenome Paredes.

IMG_4339

Foi uma tarde de fados conduzida pelo grupo Alma Lusitana. Primeiro, me deliciei com a melancolia da clássica expressão musical portuguesa e só depois fui ver do que se tratava a comida. Lugar simpático essa doceria, com alguns dos principais exemplares dos doces conventuais que têm os ovos e amêndoas como ingredientes de destaque. O preço é atrativo considerando o sabor.

IMG_4333

Provei ali o mais crocante pastel de Belém a R$ 6,00.

IMG_4334

E também um delicado Pastel de Santa Clara, também por R$ 6,00.

 

 

 

IMG_4341

Enquanto isso, estava ao forno uma indescritível empada de Bacalhau, coisa realmente inesquecível, por R$ 7,00. Só de digitar já me enche de água a boca.

IMG_4332

O espaço criado na Serra Gaúcha pela doceria com sede em Porto Alegre é uma graça. Falta um vinho pra botar a conversa em dia com os amigos, o que convidaria o cliente a permanecer mais tempo no lugar. Hoje, as opções de bebidas se resumem a cafés e vinho do porto.

IMG_4344

Fico muito contente que a Serra Gaúcha possa receber de braços abertos a gastronomia do mundo. É sabido e indiscutível o sucesso da comida italiana por aqui, mas o mundo não tem fronteiras e sempre tem lugar pra um doce português no coração da gente!

 

Amo-te Lisboa

Rua Tietê, 15, bairro São Bento, Bento Gonçalves (RS)

Aberto de segunda a sábado, das 9:30 às 18:30

Facebook: clique aqui!

Nota no Google*: 4,6 de 5,0

Nota no Foursquare*: 9 de 10

Nota no Trip Advisor*: 4,5 de 5

*(notas da loja de Porto Alegre. A filial ainda não possui avaliações suficientes para pontuar)

Grandes cervejas e pizza fininha no Basilico Pub

 

Pubs são um ambiente inspirador para “jovens adultos” como eu. Aprecie minha argumentação: a música é indiscutivelmente boa, a cerveja é selecionada e o status quo permite degustar dois ou três copos botando o papo em dia e estar de pijama no sofá antes do badalar das 22. Isso que é sapiência, gente (risos).

IMG_4234

Tão simpático o novíssimo Basilico Pub, em Bento Gonçalves, que inaugurou não faz muitos dias e já promete eventos quinzenais para os amantes da boa cerveja na Serra Gaúcha. Se bem que o espírito cervejeiro do lugar é altíssimo mesmo num dia comum. Acabei brindando a primeira noite do inverno não com uma taça de merlot, mas com um belo pint de White Ipa.

IMG_4250

A diversão do Basilico Pub está nas sete torneiras disponíveis para meio pint ou pint inteiro, além de toda a carta de cervejas especiais: de Helles a Stout. Pra comer mesmo, só tem duas opções: é pizza ou empanada chilena.

IMG_4227

Grande pedida considerando que a pizza é a receita de massa finíssima que há anos o Basilico vende congelada na sua Casa Gourmet. Esta da foto é um exemplar de copa com figos, perfeitamente complementada pelas pimentas De Cabrón.

IMG_4240

E as empanadas chilenas são a receita de Doña Margarita, que já postei no Culinarismo e que vem ampliando seu repertório graças ao sucesso de crítica. No pub, tem as versões de cogumelos com bacon, tradicional de carne, gorgonzola com cebola e essas trouxinhas de chocolate meio amargo que foram a sobremesa do Culinarismo.

 

Sobre música, uma merecida menção à parte, porque levantei três vezes pra pagar a conta e três vezes voltei a sentar porque a trilha sonora emendava um clássico do rock em outro, sem preterir as grandes bandas nacionais e de vez em quando permitindo uma pitada dos popstars que eu amo, como Michael Jackson.

IMG_4231

Acrescente-se a isso a diversão de ficar observando o arsenal de quadros que forra as paredes com grandes bandas e cervejarias do mundo. Valeu a esticadinha de hoje depois do trabalho!

 

Basilico Pub

Gen. Góes Monteiro, 290,  Bento Gonçalves

De quarta a sábado, das 17h às 23h

Informações no Facebook do Basilico

Temporada de sopas no Cobo Wine Bar

Está começando oficialmente a temporada das lareiras, dos casacões e vinhos encorpados. Uma sopa bem feita e quentinha é bem-vinda e o inverno no Cobo Wine Bar tem uma novidade deliciosa pra ninguém usar o frio como desculpa pra hibernar. Além do menu de burgers, risotos e as elogiadas massas cortadas à mão – que você pode relembrar aqui –, a nova carta de sopas e cremes é uma boníssima pedida.

 

São cinco opções com preço camarada em porções generosas. Provei todas numa minidegustação e te conto minha preferida.

IMG_3738

O clássico creme de moranga é saboroso e adocicado.

IMG_3736

Uma ótima opção pra quem controla o consumo de carboidratos é o$ creme de batata doce com crispy de batata doce. Uma delícia.

IMG_3733

Esse é o creme verde de batata inglesa e couve, também uma delícia…

IMG_3742

…assim como o consagrado capeletti ao brodo, que não poderia faltar.

IMG_3734

Mas o meu preferido desse cardápio, certamente, foi o creme de mandioca salpicado com calabresa. Uma delícia de tempero, quentinho e reforçado.

 

Uma taça de vinho ou um flight clássico da casa acompanham muito bem. Todas as sopas custam R$ 16,00 a porção, exceto o capeletti, que fica por R$ 23,00.

 

Cobo Wine Bar
Rua Herny Hugo Dreher, 204, Sala Superior (em frente ao DallOnder Grande Hotel), Bento Gonçalves

Aberto de terça a domingo, à noite

Reservas: (54) 3701-2333

Facebook: clique aqui!

Vem aí o Wine Up Miolo

Um vinho, um menu de ancestralidade e um lugar pra aproveitar tudo que o inverno na Serra Gaúcha tem de melhor. O Wine Up, novo espaço do Wine Garden Miolo, abre oficialmente em julho, mas já recebe em sistema de soft open com boa música e mesas para compartir. No alto da colina, a vista panorâmica dos parreirais do Vale dos Vinhedos inspira por si só. O ambiente exclusivo promete grandes tardes enogastronômicas.

IMG_4016

O espaço vai funcionar como uma extensão do Wine Garden. Nos jardins da Miolo, ao redor do ônibus-cozinha, permanece o atendimento irreverente com tapetes ao gramado, comidinhas sem talher e estilo piquenique. No Wine Up, o mesmo conceito de wine bar ao ar livre, mas com estrutura de restaurante, móveis de design assinado e comida de fogo: carnes, legumes na brasa e menu itinerante comandado por chefs convidados.

IMG_4029

Vai ter parrilla e um forno de barro, tudo bem ancestral. Até a inauguração oficial, a boa pedida é o escondidinho do chef Natalício!

IMG_4137

O atendimento é no tablado que se estende do contêiner ou na tenda que abriga mesas coletivas. Afinal, o vinho é propício pra se conhecer novas gentes! A carta segue a mesma linha do Wine Garden, com vinhos e espumantes Miolo em garrafa e taça.

IMG_4135

A excelência musical dá o toque de mestre ao Wine Up e a melhor parte é que, protegido pela tenda e um pergolado anexo ao contêiner, o espaço abre mesmo com tempo ruim, sempre de quarta a domingo.

IMG_4106

Grandes vinhos nos esperam nesse inverno. Cheers!!!

Wine Up Miolo

Dentro da Vinícola Miolo: RS 444 Km 21 Vale dos Vinhedos, Bento Gonçalves

(54) 98112-0333

Facebook: acesse aqui!

A viagem gastronômica do My Way agora também no almoço

Quando um chef de cozinha te convida a sentar no porão da casa dele, conhecer suas coleções de cardápios do mundo, bibelôs e cédulas antigas, esse só pode ser um momento especial. O My Way do chef Maurício Crippa deixa as pessoas à vontade, como estando na casa de um amigo. Logo na entrada, um aparador com fotos da família é que dá as boas vindas. Sentiu o nível de intimidade que você terá com o anfitrião?

DSC_3684

Pois chegue de peito aberto e embarque na viagem que o chef oferece pelas principais cozinhas do mundo.

DSC_3683

O cardápio é itinerante e já postei aqui um jantar indiano que provei e aprovei mesmo sem saber das andanças do Maurício pela Índia. Pois, agora, o My Way, amplia sua programação de jantares étnicos nas sextas e sábados, oferecendo almoço a La carte aos sábados e domingos. O menu é completo: couvert, entrada, prato principal e sobremesa. O cliente escolhe a massa e a carne de preferência; o resto é surpresa.

DSC_3682

Preciso revelar aqui que sou apaixonada pela caponata do chef Maurício e, sempre que tenho em casa, sucumbo aos alertas do chef de comer só um pouquinho por vez. Como couvert no almoço, ele serve justamente a caponata da casa com pão de fermentação natural.

DSC_3687

Nesse dia em que revisitei o My Way, a chuva não dava trégua, então a entrada de minestrone caiu como uma luva pra confortar.

DSC_3692

A massa e a carne do prato principal são à escolha do cliente. Pra mim, naquele dia, pareceram apropriadas as mezzelunes trentinas (massa recheada com escarolas e bacon, molho de natas) e filé Cordon Bleau (recheado com copa e queijo, molho espanhol).

Esqueci de fotografar a sobremesa, que era um creme de laranjas do quintal com calda de merlot. A experiência toda (exceto bebida) por 60 pilas!

Essa vida culinarística nem sempre me permite repetir os restaurantes tanto quanto eu gostaria. Mas em defesa do My Way, eu digo e repito que é um dos lugares onde mais me sinto à vontade. Onde eu poderia tranquilamente ir de pantufas e tomar um vinho sossegada. Só não o faço em respeito ao chef (risos)!

 

My Way Cozinha Universal

Rua Francisco Ferrari, 656, Barracão, Bento Gonçalves

Reservas: (54) 98118-3398

Facebook: clique aqui!