Arquivo da categoria: Cervejas

Grandes cervejas e pizza fininha no Basilico Pub

 

Pubs são um ambiente inspirador para “jovens adultos” como eu. Aprecie minha argumentação: a música é indiscutivelmente boa, a cerveja é selecionada e o status quo permite degustar dois ou três copos botando o papo em dia e estar de pijama no sofá antes do badalar das 22. Isso que é sapiência, gente (risos).

IMG_4234

Tão simpático o novíssimo Basilico Pub, em Bento Gonçalves, que inaugurou não faz muitos dias e já promete eventos quinzenais para os amantes da boa cerveja na Serra Gaúcha. Se bem que o espírito cervejeiro do lugar é altíssimo mesmo num dia comum. Acabei brindando a primeira noite do inverno não com uma taça de merlot, mas com um belo pint de White Ipa.

IMG_4250

A diversão do Basilico Pub está nas sete torneiras disponíveis para meio pint ou pint inteiro, além de toda a carta de cervejas especiais: de Helles a Stout. Pra comer mesmo, só tem duas opções: é pizza ou empanada chilena.

IMG_4227

Grande pedida considerando que a pizza é a receita de massa finíssima que há anos o Basilico vende congelada na sua Casa Gourmet. Esta da foto é um exemplar de copa com figos, perfeitamente complementada pelas pimentas De Cabrón.

IMG_4240

E as empanadas chilenas são a receita de Doña Margarita, que já postei no Culinarismo e que vem ampliando seu repertório graças ao sucesso de crítica. No pub, tem as versões de cogumelos com bacon, tradicional de carne, gorgonzola com cebola e essas trouxinhas de chocolate meio amargo que foram a sobremesa do Culinarismo.

 

Sobre música, uma merecida menção à parte, porque levantei três vezes pra pagar a conta e três vezes voltei a sentar porque a trilha sonora emendava um clássico do rock em outro, sem preterir as grandes bandas nacionais e de vez em quando permitindo uma pitada dos popstars que eu amo, como Michael Jackson.

IMG_4231

Acrescente-se a isso a diversão de ficar observando o arsenal de quadros que forra as paredes com grandes bandas e cervejarias do mundo. Valeu a esticadinha de hoje depois do trabalho!

 

Basilico Pub

Gen. Góes Monteiro, 290,  Bento Gonçalves

De quarta a sábado, das 17h às 23h

Informações no Facebook do Basilico

Caxias: um bar secreto pra chamar de seu!

Bares secretos eram aqueles que, especialmente em Nova York, burlavam a lei seca americana da época na calada da noite, escondidos no fundo dos restaurantes ou padarias, vendendo bebidas alcoólicas ilegalmente de 1920 até 1933. Seus clientes refestelavam-se falando baixinho, pela bebida e pelo perigo. Por isso, esses lugares ficaram consagrados como “Speakeasy” e ainda hoje atraem pelo fetiche. Em alguns só se entra com convite, outros deixam pistas para uma senha de acesso.

DSC_3314

Em Caxias do Sul, o Bar Secreto Wine & Beer intenciona a mesma aventura, mas com acesso bem mais facilitado. Ele tem fachada direta para a rua, quase como um convite à entrada. Mas não há letreiro nem luminosos…um desatento poderia facilmente passar direto sem notar a incrível experiência que o lugar oferece.

São dezenas de vinhos nacionais e importados em esquema de boutique ou outlet. É o chopp selecionado a dedo pelos donos nas melhores cervejarias artesanais do país. E o menu sazonal e dedicado à grelha da casa, mostrando a que veio em poucas e boas páginas.

DSC_3294

A receita de momentos memoráveis leva poucos ingredientes – alguns não se compram, outros valem quando custam. É como me senti no Bar Secreto Wine&Beer. O cabernet sauvignon sugerido pelo maitre, um chileno de 2012, abriu as portas de uma noite daquelas que se espera repetir em breve.

DSC_3301

 

Brie ao mel como sugestão da casa para entrada…

 

 

DSC_3316

…Enquanto a grelha trabalhava nos pedidos.

DSC_3331

O Burger Secreto tem uma receita nada secreta que consiste em tomate, rúcula, bacon e queijo. O segredo está no hambúrguer de picanha de angus que estava impecável no ponto e no sabor. Acompanha fritas: R$ 24,90.

DSC_3322

Ainda melhor que o Burger Secreto é o bife de chorizo que não precisa de nada além de uma pequena porção de farofa e umas polentinhas pra arrasar na noite. Tava suculento, tava incrivelmente macio, por R$ 32,90.

DSC_3303

Fiquei disputando bife e burger e, ao mesmo tempo, mirando o sino. Grandes noites se completam no Bar Secreto com uma forcinha da rodada dupla que o sino anuncia e que ficou para a próxima porque eu ainda estava sorvendo o tal cabernet chileno de 2012.

DSC_3336

E lá veio uma dupla delícia de waffles ao chocolate e morangos pra completar o que já estava ótimo. Obrigada, Bar Secreto, pela experiência toda. Voltarei. Voltaremos. 😉

 

Bar Secreto Wine&Beer

Avenida Rubem Bento Alves, 4575, Caxias do Sul

Aberto de terça a sábado, das 18h45min à meia noite

Facebook: clique aqui!

O restaurante de fogo do Mr Red

DSC_2841O pub abriu as portas com todo o apelo da noite, baladinha de quinta-feira, chopp gelado e galera reunida. Com um menu da semana, consegue servir uma boa quantidade de pratos combinados para o jantar, como filés e risotos. Mas existe um cantinho do menu assinado pelo chef Giordano Tarso que merece deferências. Preparos de fogo são a especialidade do chef e, na grelha do Mr Red, ele arrasa na suculência o no defumado.

DSC_2825

Provei duas das especialidades do chef e mais do que indico: recomendo! A linguiça é caseira e preparada para o Mr Red: um sabor marcante, picância moderada e ingredientes selecionados. O resultado é uma delícia de petisco para aperitivar com a novidade na carta de chopps da casa – a pilsen extra da Blauth Bier. A linguiça vem acompanhada de um pãozinho de alho fresco. Bem, bem legal.

DSC_2835

Outra delícia do Restaurante de Fogo do Mr Red é esse steak especial com batatas rústicas e arroz branco, uma baita pedida pro jantar.

DSC_2838

E, pra fechar divinamente esse jantar de  boteco, a doçura dos churros com calda de chocolate e umas frescurinhas deliciosas de hortelã e flores comestíveis.

Mr Red Bistrô Pub

Rua Herny Hugo Dreher, 356, Bento Gonçalves

(54) 3452-2250

Facebook: acesse aqui!

Dez grandes cozinhas no Panela no Pátio, em Caxias

O forte temporal tirou do pátio o Panela no Pátio, mas isso não apagou o estilo do evento, que reúne um elenco de dez grandes chefs de Caxias do Sul, cada um com sua especialidade e a preços megaconvidativos: até R$ 25,00.

Essa foi a segunda edição do evento supercharmoso, cheio de gente bacana e com todo o charme do Quinta Estação. Uma terceira edição já está prometida para esse ano ainda. Com muito esforço, consegui dar uma bicadinha em todas as cozinhas. Algumas coisas foram memoráveis.

DSC_3010

A Escola de Gastronomia da UCS, com a assinatura do memorável chef italiano Mauro Cingolani, trouxe um rosbife com bacon no pão ciabata. Com vários molhos à escolha, coloquei uma grande dose de mostarda com mel e ficou bem delicioso. Custou R$ 20,00.

DSC_3074

Na cozinha do chef Henrique Neves, que se prepara para abrir um bistrot de vinhos em Caxias agora em abril, o ravióli de alcachofra ganhou ares de Master Chef com a espuminha de parmesão colocado com o sifão. Coisa chique, sô, por R$ 20,00.

DSC_3071

Da cozinha do Quinta Estação dividindo seu salão com o time no Panela no Pátio, o chef Vicente Perini apostou no confort food com uma generosa porção de risoto de bacalhau servido com uma deliciosa batatinha com ervas. Capricho na entrega e delicadeza de sabores por R$ 20,00.

DSC_3048

Pelos mesmos R$ 20,00, a Escola de Gastronomia Sal a Gosto trouxe um substancioso e suculento pullet pork ao barbecue servido no pãozinho com fatias de provolone. A cereja do bolo foi a mostarda reduzida com Jack Daniels. Grande receita!

DSC_3023

A cozinha étnica foi delicadamente bem representada pela chef Daniela Chedid, com uma variedade de receitas libanesas. Tinha kibe, Beirute e a tradicional doceria libanesa com uma cheirosa baclawa, mas acabei provando a Mjadra no Pote, que é uma mistura de arroz e lentilhas com um toque de cebolas caramelizadas por cima. Uma comida muito amorosa, remeteu à família – talvez pelas minhas raízes libanesas <3

DSC_3047

Os queridos da Nella Pietra Pizzaria arrasaram com a pizza expressa do chef Fábio Centenaro. Eu bem sei que pizza boa não precisa de uma infinidade de recheios. Uma marguerita bem feita é o que basta! R$ 20,00.

DSC_3033

Já difícil manter o ritmo, mas dei uma passada rápida no Mercado do Sanduíche pra rememorar grandes dias no Mercado Público de São Paulo, onde o sanduba de mortadela é um clássico. Aqui a mortadela Ceratti foi a estrela do dia – e não precisa mais nada além de um pãozinho d’água e umas fatias de queijo pra criar uma tentação irresistível por R$ 15,00.

DSC_3044

Chega de comer? Não, só uma pausa pra sobremesa. Joana, minha pequena ajudante de Culinarismo, ficou toda fã dos brownies da Doce Forma e levou um saquinho deles pra casa. Agora temos lá um estoquinho de brownies de MM’s, Stikadinho, chocolate ao leite e limão siciliano, que achei divino. Coisa mais afetiva com o atendimento querido da Simone Vanin por R$ 5,00 o pedaço.

DSC_3061

Brigadeiro é a especialidade da Márcia Callai, da Original Brigaderia. Uma infinidade de sabores e coloridos por R$ 5,00 a unidade, mas o que me cativou mesmo foi o inusitado docinho de grana padano, com seu toque salgadinho. É doido, mas é ótimo.

DSC_3080

Antes de me render à culpa, ainda passei pela banca do chef Alexandre Reolon, do Yoo Boutique, que estava flambando na hora o seu spaguetti all mare, com ostras e tudo mais. Uma generosa refeição por R$ 25,00.

DSC_3066

Entre uma prova e outra, tinha DJ, drinks e beers que adorei provar. Um conselho: não tente repetir esse exagero! Haha. Na próxima edição do Panela no Pátio, vou levar alguns ajudantes de degustação. Haha.

DSC_3016

Panela no Pátio

Para mais informações, clique aqui!

O outro lado do Sierra Burger

Arrumei confusão anos atrás fazendo uma avaliação dos melhores xis de Bento Gonçalves. A postagem deu o que falar, mas era apenas uma brincadeira que o pessoal levou muito a sério. Naquele tempo, o Sierra Burger tinha acabado de inaugurar e a avaliação deles já foi das melhores: o melhor sabor, a melhor apresentação, aroma incrível, perfeito sabor de churrasco, pão fresco. Hoje em dia, todo mundo já conhece os atributos do hambúrguer e muita gente vai até lá especialmente pela parmegiana. Mas existe um cantinho de pratos especiais no cardápio que merece ser explorado.

DSC_2175

Você não precisa cometer o sacrilégio de provar todos de uma vez, como eu. Mas escolha o melhor de três com essas dicas e aproveite mais do incrível aroma defumado que só o Sierra Burger oferece.

DSC_2181

Abri os trabalhos com o impecável assado de tira – suculento, ao ponto. Serve muito bem uma pessoa por R$ 30,00.

DSC_2187

O T-Bone estava igualmente delicioso: R$ 40,00.

DSC_2197

E a costelinha suína ao barbecue tanto quanto. O molho é da casa e dá pra sentir bem o toque caseiro. Ponto extra. R$ 42,00.

Foi uma experiência intimamente carnívora e que vale a pena para dias de grande apetite e informalidade.

Sierra Burger

Avenida Planalto, 883, Bento Gonçalves

Telefone: (54) 3701-3749

Facebook: acesse aqui!

Cervejando com a Famiglia Valduga

Mesmo em terra de grandes vinhos, a cerveja nunca perde a majestade. Bebedores multiplicam-se às bicas e, aproveitando uma legião de cervejomaníacos que movimenta o mercado de produtos artesanais cada vez mais refinados, a Famiglia Valduga dá um grande e audacioso passo na produção de cervejas especiais com a marca Leopoldina.

dsc_1832

Uma honra para o Culinarismo ser convidado para um evento hiperfechado com degustação dos recentes rótulos premiados em Blumenau e Bruxelas, além de duas novidades tiradas direto do tanque e que estarão à venda só próximo verão: uma Session Pale Ale e uma Red Ale.

dsc_1848

Aproveitando o melhor das principais escolas da cerveja no mundo, a Leopoldina oferece cervejas com influência alemã, belga e americana. Numa degustação harmonizada em dois tempos pelo chef Gabriel Lourenço, da Escola de Gastronomia Sal a Gosto, provei quatro rótulos da casa, a começar pela Pilsner de receita tradicional alemã, aqui combinada com queijo coalho em duas versões: ao alecrim e com balsâmico e mel.

dsc_1852

A Witbier, com seu toque de limão siciliano e coentro, foi servido com um bolinho de bacalhau e, para uma segunda prova, com o acompanhamento de geleia de pimenta. Num lapso que não ocorria há anos, não fiz a foto da harmonização seguinte, em que a Weiss foi combinada com linguiça e, depois com o acréscimo de mostarda dijon. Ali casou perfeito para um papo descompromissado, sem hora de chegar, sem hora de sair.

dsc_1855

Por último, um belo taco de sobrepaleta suína para acompanhar a forte IPA da Leopoldina. Uma dupla de presença marcante. Entretanto, me caiu como uma luva.

dsc_1859
Ganhei pra desfrutar em casa. E é reabastecível para todo o sempre!

Depois das recentes premiações em seu primeiro ano de mercado, a Cervejaria Leopoldina agora tem grandes planos de posicionamento no mercado, começando por refrescar o verão da Serra Gaúcha. Localizada em Garibaldi, junto à Domno, a Leopoldina prepara para o dia 17 de dezembro um grande evento com food trucks, DJs, música ao vivo e cerveja tirada na hora, das 15h às 23h30min! Esse evento abre o verão da marca, que promete atrações todos os fins de semana da estação no seu belo jardim, com visitações, degustação e experiências cervejeiras.

 

Cervejaria Leopoldina

BR 470,S/Nº, Km 224 – Garibaldi/RS (ao lado da Madem Móveis)
Contato: (54) 2105 – 3122

Facebook: acesse aqui!