Arquivo da categoria: Night

Capone Drinkeria: o prazer de um mundo clandestino em POA

Prazeres secretos moram ao lado das pequenas subversões e, embora não haja nada de proibido nos bares secretos de hoje em dia, a energia Speakeasy é uma ímã. O que acontece no lugar irrevelado, a permissão de apenas ser, a música passeando pelas entranhas, a sedução do imaginário. Al Capone dá o tom e o nome a esse lugar sem fachada, por onde detrás da pequena porta soturna existe um universo paralelo de drinks abençoados. Um lugar de imersão.

Pra chegar no Capone Drinkeria, não há placas nem letreiros. Sem luminosos ou burburinho de gente na porta. É mais um daqueles lugares que você encontra pelo número da casa e, pra mim, é quase incontrolável o desejo de encontrar o que se esconde atrás desse breu. Desci do Uber e não havia marquise contra a chuva. Foi um pulo até a porta e, num piscar, o lado chuvoso estava às minhas costas. Eu dentro, o resto fora.

 

Sentei no balcão que é o lugar dos notívagos. E ali tive uma noite embalada pelo balé das coqueteleiras e o tilintar do gelo nas taças. Distintos perfumes se elevavam no ar a cada macerar de ervas e picotar de frutas. Hipnotiza o balé coreografado dos bartenders. Por que pensar no mundo lá fora?

 

Não se espante com a longa sequência de drinks que provei. Minha passagem pelo Capone foi sem pressa e sem carro. Só o balcão, o balé dos bartenders e aquelas conversas de olhar, de drama e risada que a gente só tem com a melhor amiga.

Scarface, como Al Capone era conhecido, é um clássico da casa que leva conhaque, limão, soda e calda de gengibre. R$ 20,00

Pergunte como a casa pode te surpreender com algo que não esteja na carta e receba esse drink ainda sem nome, mas belamente preparado com gin, bergamota e manjericão.

Depois disso, sim, era justo comer uma coisinha e o menu do Capone tem muitas e várias delicinhas de bar com preço excelente. Essas batatinhas fizeram uma cama maestral para a segunda rodadas de drinks.

Segue o baile com um Mob bubbles e o cheirinho irresistível de uvas brancas, brut, limão e vodka; e mais um French 75: gin, mais espumante, limão e uma cereja pra lembrar que o mundo é sempre cor-de-rosa dentro da taça!

O que acontece depois disso é a clara precisão de um doce. E essa taça cuja foto já não se faz satisfatória tem deixado uma lembrança saudosa. É o Oreos Cheesecake: fundo de brownie, uns biscoitos picados, chantilly e castanhas. Quero mais!

Só pra arrematar, um gin tônica com pepino e os trabalhos do Capone se encerram.

 

A casa tem suas regras e a primeira delas é que bons drinks demandam tempo e carinho e bons clientes devem ser pacientes em relação a isso. A vizinhança deve ser preservada do barulho de quem chega, de quem vai e de quem precisa fumar. Você deve estar aberto a novas experiências porque muitos drinks da casa são autorais e não convencionais. E a melhor delas: celulares não são proibidos, mas não exatamente bem-vindos.

 

Capone Drinkeria

Nota no Google: 4,7 de 5,0

Nota no Foursquare: 8,6 de 10

Nota no Trip Advisor: 4,5 de 5

Rua Castro Alves, 449, Porto Alegre

Aberto todos de segunda a sábado: das 19:00 às 23:00 até quarta e até a meia noite nas quintas, sextas e sábados

Facebook: clique aqui!

Noite de sushi, clima de lounge no Estação Blauth

DSC_2987Um posto a jato só pra assinar embaixo de mais uma proposta legal do Estação Blauth, no desvio Blauth, em Farroupilha – que, além de grandes hambúrgueres e brunch de domingo, agora tem sushi lounge nas quintas-feiras, em parceria com o Ukiyo. Buffet sem complicação pra ninguém ficar esperando, especiais servidos na mesa e clima de lounge com DJ no deck que tem uma bela lareira esperando o friozinho chegar.

DSC_2988

O preço é justo e as repetições, à vontade. O charme do Estação Blauth fica por conta da selecionada carta de espumantes da região. No ano passado, em clima de reinauguração, a casa apostou nessa pegada de champanharia que tem agradado em cheio a clientela. E sushi + espumante é aquela combinação sem erro.

DSC_2991

Mais umas fotinhos pra causar desejo. A programação segue todas as quintas-feiras.

 

 

DSC_2979

DSC_2977

DSC_2976

Estação Blauth

VRS 813 KM 09 – Desvio Blauth – Farroupilha

Facebook: acesse aqui

 

https://www.facebook.com/estacaocafeblauth/?fref=ts

Degustando às cegas no Ricordare

A campanha das vinícolas brasileiras para descomplicar o consumo de vinho tem arrebatado mais e mais enoapaixonados que valorizam mais a companhia do que a safra ou o método de produção. Mas nem por isso todo ritual deve ser desprezado e uma degustação às cegas pode ser divertidíssima mesmo para o consumidor não especializado, como eu.

dsc_1800

O Ricordare vem promovendo com certa frequência eventos legais como confrarias e esta degustação às cegas com rótulos de quatro vinícolas locais: Aurora, Cave Geisse, Don Giovanni e Maximo Boschi. Já contei aqui como o lugar é bacana pra se estar com amigos. Uma experiência altamente boêmia por sua harmonização com crepes e outras comidinhas de lambuzar os dedos.

dsc_1807

Valeu a pena cada taça e ficou a sugestão para próximas ocasiões. Brut com pretzel salgado. Que tal?

 

Outros rótulos foram harmonizados com crepes, empanadas e pastel de Belém. No fim de cada prova, falava o sommelier da Refinaria Deli Gourmet sobre a harmonização e o representante da vinícola sobre o vinho ou espumante em questão.

dsc_1810

O ponto alto da noite foram os novos amigos feitos e as promessas de revival do evento. Pra ficar sempre atento aos eventos dos queridos Vanessa e Pablo, siga o Ricordare no Facebook!

Cobo Wine Bar, o lugar que estava faltando em Bento Gonçalves

Vinho é o elixir da vida.

Longe de mim aquela enochatice que só repele as pessoas. O que quero dizer aqui é que o vinho é muito mais do que a bebida que se bebe. É a comida que se serve junto, as risadas que acompanham, a conversa fiada e o perfume que sai das taças. Há muito tempo, o setor vinícola nacional vem trabalhando institucionalmente para descomplicar os rituais acerca do vinho e conquistar mais enoapaixonados. Continue lendo Cobo Wine Bar, o lugar que estava faltando em Bento Gonçalves

Aquecendo as baterias para o Mississipi Delta Blues Festival 2016!

No aquece pro Mississipi Delta Blues Festival desse ano, em novembro, o Culinarismo curtiu todos os embalos de um roteiro regado a vinhos caxienses e música refinadíssima. O #bluestour é uma programação especial e limitada que o bar oferece no período do festival, mas que teve uma edição extra dia desses. Foi animadíssimo. Em cada parada, pocket shows de diferentes vertentes do blues com bandas do staff do Mississipi.

Continue lendo Aquecendo as baterias para o Mississipi Delta Blues Festival 2016!

Botecando nas quartas da Pirandello

Nem tão ao céu, nem tão à terra. Tem dias em que uma cervejinha gelada e uma singela dose de fritura caem como uma luva. Fui convidada a conhecer as quartas de boteco da Pirandello e matei a vontade de gordices que eu vinha evitando há um bom tempo. Esse é um post rapidinho, como a culpa que bateu na saída 😀

DSC_6848

A Pirandello todo mundo conhece. Aquela carta enorme de filés e a pizza – hmmmmm – tradição em Bento, né?!

DSC_6853

A proposta nova é uma carta de petiscos especial para as quartas-feiras, harmonizada com cervejas artesanais do Senhor do Malte. Tem uma televisão gigante passando o jogo também, mas isso não foi capaz de tirar minha atenção da comida…tô muito engraçadinha hoje 😀

DSC_6856

Pra testar a proposta com precisão, pedi mais da metade do cardápio. O hambúrguer da casa, com uma porção generosa de fritas, é bem saboroso. O prato por R$ 21,90.

DSC_6870

Os anéis de cebola eu adorei por causa do barbecue da casa!

DSC_6860

Nada representa melhor uma noite no boteco do que frango a passarinho. Então fui neles também.

DSC_6854

…mas preciso revelar que, de tudo, o que me conquistou foi esse singelo caldinho de feijão. Esse inverno que não acaba nunca né. A gente tem que manter a camada adiposa em bom estado (brincadeira gente, eu tento manter uma vida saudável na maior parte do tempo).

O precinho do cardápio de boteco da Pirandello é camarada e devo revelar que também há opções menos pecaminosas, como umas iscas de filé e tal. Pra próxima quarta de jogo (ou sem jogo), fica a dica!

 

Ristorante e Pizzeria Pirandello

Rua Herny Hugo Dreher, 370, Bento Gonçalves

Telefone: (54) 3452-4786

Site: clique aqui!

Facebook: clique aqui!

O público escolheu e nós provamos: delícias do Biroska

O Divina Cozinha Top, ranking dos estabelecimentos da alimentação mais lembrados pelo público, já é promovido há 15 anos com muita participação em Caxias e agora chegou a Bento Gonçalves pra revelar as preferências locais em 30 categorias. Muitos nomes dessa lista são referências na gastronomia da Serra Gaúcha e já passaram também aqui pelo Culinarismo, como o Valle Rústico e o Sierra Burguer.

biroska EXTERNA

A grande surpresa da votação ficou por conta do Biroska, que levou SEIS categorias: melhor prato, melhor salada, melhor bebida, melhor bar, melhor garçom e melhor empresário da gastronomia. Óbvio que o Culinarismo não ia perder a oportunidade de tirar a prova dessa vitória esmagadora. Fui, provei e aprovei. Principalmente porque, em geral, comida de boteco pesa na consciência. E nessa fase mais ponderada em que me encontro, as frituras e os petiscos industrializados são a última opção.

biroska INTERNA

A fama do Biroska enquanto bar todo mundo conhece: cerveja no ponto, quintas-feiras concorridas e ambiente informal. O que me surpreendeu de verdade foi a variedade do cardápio, que vai do jantar substancioso até uma saladinha superlight, passando por uma pizza melhor que a de muita pizzaria por aí e os tira-gostos clássicos de qualquer casa noturna.

biroska INVOLTTINI

Como seria impossível passar pelas principais ofertas do cardápio, decidi ficar nos pratos e no drink que o público destacou no Divina Cozinha Top. O Involttini di Parma, que sagrou-se como melhor prato na votação, eu considero como uma entrada e não um prato principal. Ainda assim, a vitória é justa porque a dinâmica da votação era a livre indicação do público. E, mais ainda, porque o involttini é simplesmente divino e cai perfeitamente com uma cervejinha gelada. Tiras de presunto Parma envolvendo uma combinação de figo, queijo e uma folhinha de manjericão. Tudo junto é uma combinação gourmet que serve muito bem duas pessoas por R$ 20,00. Congrats!!!

biroska DRINK

O drink campeão do Divina Cozinha é sucesso entre as moças. Leva morangos, leite de coco, leite condensado e outros aditivos que não soube decifrar. Creio que seja feito com vodka, mas era fraquinho, fraquinho. Só senti ao levantar. 😉 R$ 16,00.

biroska SALADA

A salada do Biroska, também campeã do Divina Cozinha, é praticamente uma refeição completa. Folhas verdes, nozes, queijo, manga e tomate seco. Uma porção pra dois famintos por R$ 22,00.

biroska DAMASCO

Tudo agradou, mas eu já estava encerrando os trabalhos quando eis que surge o lançamento do Biroska pra esse verão, ainda sem nome e ainda sem preço. Superdelícia pra compor com uma cerveja gelada. Basicamente são damascos com creamcheese e um toque de gergelim. Poxa, perto do estrago que seria uma maravilhosa porção de pasteizinhos, esse tira-gosto dá pra curtir sem culpa (considerando que o chantilly é item decorativo que deve permanecer no prato)! Indico!!!

 

Em tempo, vale a pena pontuar que o atendimento especial do Biroska não é apenas uma promessa do Facebook. A equipe é atenciosa e trabalha pro “biroskeiro” se sentir em casa!

 

Biroska

Av. Planalto, 1156, Bento Gonçalves

Telefone: (54) 3701-4504

Facebook: clique aqui