Arquivo da categoria: Vinhos

Degustando às cegas no Ricordare

A campanha das vinícolas brasileiras para descomplicar o consumo de vinho tem arrebatado mais e mais enoapaixonados que valorizam mais a companhia do que a safra ou o método de produção. Mas nem por isso todo ritual deve ser desprezado e uma degustação às cegas pode ser divertidíssima mesmo para o consumidor não especializado, como eu.

dsc_1800

O Ricordare vem promovendo com certa frequência eventos legais como confrarias e esta degustação às cegas com rótulos de quatro vinícolas locais: Aurora, Cave Geisse, Don Giovanni e Maximo Boschi. Já contei aqui como o lugar é bacana pra se estar com amigos. Uma experiência altamente boêmia por sua harmonização com crepes e outras comidinhas de lambuzar os dedos.

dsc_1807

Valeu a pena cada taça e ficou a sugestão para próximas ocasiões. Brut com pretzel salgado. Que tal?

 

Outros rótulos foram harmonizados com crepes, empanadas e pastel de Belém. No fim de cada prova, falava o sommelier da Refinaria Deli Gourmet sobre a harmonização e o representante da vinícola sobre o vinho ou espumante em questão.

dsc_1810

O ponto alto da noite foram os novos amigos feitos e as promessas de revival do evento. Pra ficar sempre atento aos eventos dos queridos Vanessa e Pablo, siga o Ricordare no Facebook!

Boa surpresa no Casa Emiglia Ristorante

Já contei aqui no blog como a Nella Pietra arrasou em Bento Gonçalves com uma pizza de ingredientes nobres e sabores surpreendentes, mas os tempos mudam conforme a banda toca e a pizzaria agora é o aconchegante Casa Emiglia Ristorante. Uma casa de massas e filés com bons vinhos e uma cuidadosa decoração rústica. Mesmo endereço, outra ideia.

dsc_1626O número de mesas foi reduzido para atender o cliente com ainda mais delicadeza. São três salões com bastante privacidade. O nível térreo é ideal para casais ou pequenos grupos. Os demais espaços acomodam bem grupos maiores.

dsc_1629O colorido dos pratos encanta de primeira. Além de uma página só de aperitivos, a salada mediterrânea é uma das sugestões de entrada e foi servida perfeitamente fresca. R$ 26,00.

dsc_1651

Todas as opções do menu servem duas pessoas, mas você pode pedir meias porções, como eu fiz, aproveitando mais as massas e filés da casa. Por recomendação da cozinha, provei o ravióli de brie e figos, de toque adocicado que harmoniza perfeitamente com o molho de tomates confitados e lascas de pecorino. Massa fresca feita na casa, o que faz toda diferença no sabor. A porção inteira por R$ 89,00.

dsc_1642

Complementamos com um arrasador Filé Abraçadinho, uma invenção espetacular que entra para a lista de boas carnes em Bento Gonçalves. Consiste em um embrulho de queijo precisamente tostado e que abraça o filé. Por cima, molho de tomate da casa e um molho verde especial. A porção para dois, por R$ 95,00, acompanha arroz e pão caseiro assado na palha de milho.

dsc_1656

Agora atente para a carta de sobremesas – é um escândalo. A torta de sorvete que a pizzaria já servia virou Semifreddo Emiglia: três chocolates e calda de morango. R$ 22,00.

dsc_1653

Exageradamente delicioso é, também, o Gateau da Casa Emiglia. Sobre um bolinho quente de chocolate, o sorvete de creme, biscoitinhos amanteigados, morangos frescos e calda de chocolate. Nunca vi minha filha tão radiante. São R$ 26,00.

Se você chegou até aqui vai gostar de saber que o ristorante abre às segundas-feiras, o que é uma reclamação clássica de todo morador de Bento Gonçalves!!! Também de quarta à sábado, sempre a partir das 19h.

 

Casa Emiglia Ristorante

Quinze de Novembro esquina com Herny Hugo Dreher

Bento Gonçalves

Telefone: (54) 3125-0505

Abre às segundas e de quarta à sábado, a partir das 19h

Facebook: clique aqui!

DiPaolo: o mesmo sabor, ainda mais comodidade

A primeira unidade do Grupo DiPaolo, entre Bento e Garibaldi, no Castelo Benvenutti, está de cara nova. Novos ambientes e um cantinho de diversão para as crianças, mas o sabor continua o mesmo: incomparável. Porque a verdade é essa. Nessa terra repleta de boa comida, temos muito o que elogiar, mas é preciso admitir a excelência desse galeto e do queijinho à dorê. Continue lendo DiPaolo: o mesmo sabor, ainda mais comodidade

Domingo de sol na Geisse Open Lounge

O frio se despede e é hora de botar a cara na rua, aproveitando o sol e as lindas paisagens da Serra Gaúcha. A novidade imperdível é o espaço Open Lounge da Cave Geisse, com bons petiscos, pufes tamanho família e o incomparável espumante da casa. A vinícola abriu seus jardins para receber o público a exemplo da Miolo, o que amarra e completa a experiência enológica da visitação. Depois de conhecer as caves e o processo enológico, nada melhor do que sentar calmamente e desfrutar desse prazer na taça.

Continue lendo Domingo de sol na Geisse Open Lounge

Cobo Wine Bar, o lugar que estava faltando em Bento Gonçalves

Vinho é o elixir da vida.

Longe de mim aquela enochatice que só repele as pessoas. O que quero dizer aqui é que o vinho é muito mais do que a bebida que se bebe. É a comida que se serve junto, as risadas que acompanham, a conversa fiada e o perfume que sai das taças. Há muito tempo, o setor vinícola nacional vem trabalhando institucionalmente para descomplicar os rituais acerca do vinho e conquistar mais enoapaixonados. Continue lendo Cobo Wine Bar, o lugar que estava faltando em Bento Gonçalves

Aquecendo as baterias para o Mississipi Delta Blues Festival 2016!

No aquece pro Mississipi Delta Blues Festival desse ano, em novembro, o Culinarismo curtiu todos os embalos de um roteiro regado a vinhos caxienses e música refinadíssima. O #bluestour é uma programação especial e limitada que o bar oferece no período do festival, mas que teve uma edição extra dia desses. Foi animadíssimo. Em cada parada, pocket shows de diferentes vertentes do blues com bandas do staff do Mississipi.

Continue lendo Aquecendo as baterias para o Mississipi Delta Blues Festival 2016!

Inverno e sopas no Dolce Mattina Café

Inverno é aquela dobradinha de vinho e sopa, que a gente complementa com cobertinha de soft e maratona Netflix. Mas isso não significa que você precise se matar na cozinha. Eu, quando mordida pelo bicho da preguiça, pego uma mesa perto da brinquedoteca no Dolce Mattina Café e resolvo ao mesmo tempo a questão do tédio da Joana e da não-louça-pra-lavar.

Continue lendo Inverno e sopas no Dolce Mattina Café

Ricordare la bella Italia

Um café pra concentrar, uma taça de vinho pra acalorar, um gelato pra viajar direto à Itália, relembrando velhos dias de passo descompassado à beira do rio Arno. Um jovem músico tocando seu violino na Duomo. A buzina estridente das bicicletas pedindo passagem. O sol de outono refestelando-se nas minhas bochechas. Quando a Itália dentro de mim acende essas doces lembranças, é que eu sento no Ricordare e deixo a mente voar longe.

DSC_9848
Gosto do clima despretensioso, da cadeira de balanço e do pôr do sol privilegiado que a casa oferece, lembrando a todo momento que a dolce vita está onde eu estiver em paz comigo mesma.

DSC_9424

A história de Pablo e Vanessa, os jornalistas que abandonaram carreira pra viver esse sonho de receber e servir, é cheia de inspiração. Na Irlanda, eles fizeram dinheiro para o negócio. Na Itália, buscaram referências estéticas e receitas consagradas. É um lugar sem cerimônias, onde você senta e cruza as pernas, como no sofá de casa.

DSC_9414

Com grãos da irretocável Illy e usando apenas as receitas originais da marca, o Ricordare está sempre aromatizado pelo café. As receitinhas da chef Idana Spassini seguem a proposta descompromissada, os pedidos se fazem no balcão, a música naturalmente é italiana. Para o panini, pão especial da Pannero Panneteria.

DSC_9841

Tão bom quanto o café é o gelato, delicado, cremoso e servido com um toque da casa que faz toda a diferença: o sorriso vem de brinde. A receita italiana, artesanal e com base em ingredientes naturais, tem metade da gordura de um sorvete comum. Mais sabor, menos culpa.

DSC_9421

Correm notícias de que o pistache usado no sabor de mesmo nome vem realmente da Itália – o que, a mim, não soa estranho.  O sabor inesquecível é como uma obra de arte esculpida desde a escolha de sua matéria-prima. Afinal, em pedra vagabunda não se esculpe um David de Michelangelo 😉

DSC_9412

Olha a minha obra prima, sempre companheira dessas aventuras culinarísticas. Íntima de Vanessa e Pablo. 😀 <3

Ricordare

Avenida Planalto, 1029, Bento Gonçalves (RS)

Aberto de terça a quinta, das 14h às 20h; sexta e sábado, das 14h às 21h; domingos, das 15h às 20.

Facebook: Acesse aqui!

Cogumelos outonais no Primo Camilo

As primeiras brisas do outono estão por aí. As mantinhas de soft já desceram do maleiro e quase nada me seduz mais que uma taça de vinho esticada no sofá e maratonando alguma coisa no Netflix. Mas o outono também traz outros aconchegos valiosos, como a temporada de cogumelos e a alquimia que eles provocam na cozinha do Primo Camilo.

DSC_9160

Sabe aqueles lugares que te fazem sentir bem-vinda? Nem muito barulho, nem muita cerimônia, cordialidade acima da média e comida calorosa.  É um tesouro de Garibaldi.

DSC_9164

Existe um menu, mas saiba que você terá uma experiência mais genuína se aceitar a sugestão do dia e os conselhos do seu anfitrião.

 

DSC_9395

Com uma adega a seu dispor, é divertida a busca pela melhor harmonização. Essa é uma das qualidades que o idealizador Altemir Pessali replicou depois no Pizza Entre Vinhos e que é sucesso garantido, porque insere o cliente no verdadeiro espírito do lugar.

DSC_9405

A casa já tem seus clássicos, como os filés, massas e risotos, que são sucesso de público e crítica. Com a farta colheita de cogumelos silvestres, a cozinha incorporou diferentes espécies a seus pratos principais e também criou novas receitinhas, como essa entrada de cogumelos Lactarius no pão. O resultado é quente e suculento, digno de uma noite de brisa fresca.

DSC_9408

Para o prato principal, nada mais singelo e outonal que um talharim ao funghi Porcini com pedacinhos de bacon e temperinho verde. Essa é a verdadeira comida que conforta, como um colinho de mãe ou aquela mantinha de soft.

A Trattoria Primo Camilo é um dos empreendimentos da Região Uva e Vinho que integram o Tour da Experiência, um projeto do SEGH em parceria com o Sebrae que  valoriza e promove experiências turísticas na Serra Gaúcha e outras quatro regiões no Brasil: Costa do Descobrimento, Caminhos do Brasil Imperial, Bonito e Belém.

Trattoria Primo Camilo

Av. Rio Branco, 1080

Contato: 54 | 3462.3333

Aberto de segunda à quinta, das 19h30min às 22h30min; sextas e sábados, das 19h30min às 23h

Site: clique aqui!

Experiência Cristofoli: para comer e sorrir

Esse post tem apoio de SEGH – Sindicato Empresarial da Gastronomia e Hotelaria

*Pelas próximas semanas, vou testar as programações de alguns empreendimentos que fazem parte do Tour da Experiência, coordenado na Serra Gaúcha pelo SEGH Região Uva e Vinho.  A Cristofoli é um deles.

DSC_8968

Em se tratando de experiências gastronômicas, tanto quanto o sabor e a apresentação da comida, o que envolve e conquista é o espírito do lugar, a energia do ambiente, a alegria do anfitrião em receber. São as pessoas e não as coisas que dão vida a um lugar. No lado norte de Bento Gonçalves, bem no “centrinho” de Faria Lemos, existe um refúgio para degustar bons vinhos, relaxar sob os parreirais, provar a comida da mama e – acima de tudo – sentir-se bem e sorrir.

DSC_8967

001A Cristofoli Vinhedos e Vinhos Finos é radiante e espontânea como a anfitriã Bruna. Quem já foi, sabe do que estou falando. É impossível não se empolgar com a alegria com que a enóloga fala do negócio familiar, das atividades para o visitante e da comida preparada divinamente por sua mãe e tia. Empreendimento participante do Tour da Experiência, a vinícola abriu-se para o enoturismo nos últimos anos e agora já tem um repertório de atrações que vai desde piquenique a sessões de relaxamento.

DSC_8973

Em pequenos grupos, é possível reservar um almoço no porão da casa anexa à vinícola, onde as delícias da mama são irrecusáveis. Uma tradicional saladinha verde abre os trabalhos para o primo piatto: panquecas de frango com ricota.

DSC_8980

O almoço ganha corpo com o extra cotto servido com macarrões da casa. Um prato quente, vivo e emocional, que lembra a infância e uma mesa em família.

DSC_8983

Conhece esse sagu? É uma adaptação da Cristofoli para a tradicional sobremesa dos imigrantes italianos. Aqui, é feito com espumante e servido com morangos frescos.

DSC_9102

Tamanho deleite pede um cálice de limoncello ou grappa da casa ao final. Ou um momento de desligamento do mundo que se pode desfrutar debaixo dos parreirais da Cristofoli. O programa “Vinho e Bem-Estar” oferece cuidado e relaxamento para o rosto, mãos ou pés em pacotes para uma ou duas pessoas e duração de uma hora. É realmente uma experiência estar sob os cuidados das mãos mágicas da terapeuta Clari Tomasi.

DSC_9093

Saí da Cristofoli com aquele sorriso fácil e andar leve de quando a gente reconhece ter vivido um momento especial. A Serra Gaúcha nos oferece incontáveis e emblemáticas experiências no ano todo. É preciso certa dose de sensibilidade para reconhecer a beleza desse cotidiano singular em seus aromas e sabores. Essa época, que representa a colheita, é especialmente bonita e deveria ser celebrada por todos nós. Viver a Serra Gaúcha, esse é um privilégio que tenho todos os dias.

Cristofoli Vinhedos e Vinhos Finos

Estrada RS 431 Km 6, s/nº l Faria Lemos l Bento Gonçalves

Contato: (54)3439.1190 / (54)9917 1903

Facebook: clique aqui!