Vem primavera, com hambúrguer na mala!

Começou a primavera e, esplendidamente, o sol deu as caras neste último domingo, depois de tantos dias nebulosos. Foi rápido e o suficiente pra chamar gente bonita e animada para o gramado do Museu Municipal de Garibaldi.

DSC_6614

O Festival de Primavera é apenas uma das atrações ao ar livre que a cidade está promovendo ao longo do ano, valorizando os espaços públicos e reunindo boa música, comidas de rua e uma boa dose de espumantes locais.

DSC_6644

O festival foi tudo de bom e aproveitei pra finalmente conhecer os queridinhos sócios do Hambúrguer na Mala, projeto itinerante que uniu um trio da Administração, Contábeis e Gastronomia. O nome sintetiza a própria ideia do negócio, que é levar hambúrgueres aonde houver pessoas famintas.  😉

DSC_6621

O diferente aqui, em primeiro ponto, são as verduras – todas orgânicas e fresquinhas, direto da H2Orta Hidroponia. O cardápio é simples, mas para todos os gostos. Tem salada mix, wrap vegetariano e algumas coisinhas mais “substanciosas”, por assim dizer.

DSC_6626

A salada, servida com molho de mostarda e mel, abriu bem os trabalhos.

DSC_6629

O wrap vegetariano traz a mesma combinação de folhas e tomate seco, com uma pitada a mais de cream cheese.

DSC_6643

Sou muito cética em se tratando de sanduíches de atum. Em geral, eles são oleosos ou molhados – e bastante sem gracinha. Mas esse veio quentinho e com molho agridoce de pepino, num pãozinho ciabatta especial.

DSC_6648

Fiquei em severa dúvida pra elencar meu preferido, mas creio que ficou entre esse, de frango, e o próximo. Notou que eu “tive” que comer todos, né? Curti a escolha do pão cervejinha e o toque de bacon, claro. Esse ainda trazia molho de mostarda e as folhas, que, crocantes, criaram uma textura legal pro burguer.

 

DSC_6636

Você já percebeu como a ordem das coisas no sanduíche faz toda a diferença? Nesse burguer de carne, por exemplo, o molho barbecue vai na base do pãozinho, umedecendo-o sem encostar na alface, porque geralmente é isso que faz o troço todo ficar pingando na nossa mão. Aliás, isso me leva a outra reflexão: por que tanta gente fala “O” alface?

Tem Hambúrguer na Mala nas sextas do Café Di Barba (Carlos Barbosa), em algumas festas do Cultive (Garibaldi) e por aí, em algum lugar novo a cada semana. Quem sabe no seu próximo aniversário?

Hambúrguer na Mala

(54) 9656-4892 Amanda

E-mail: hamburguernamala@gmail.com

Facebook: clique aqui!

Comente

Comente