Arquivo da tag: Urban Farmcy

Urban Farmcy, um movimento necessário de alimentação consciente

Sim, o restaurante natureba da vez fica bem no coração de um bairro caro, onde circula gente cool vestida apropriadamente para um editorial da Vogue. Sim, o ambiente é descolado na medida certa pra ainda oferecer certo grau de sofisticação. Um cliente não habitual pode achar “too much” a garçonete pingando gotas de clorofila na sua água.

De fato, o Urban Farmcy tem todo jeitão de engomadinho, mas é um movimento necessário e que te mostra de uma vez por todas que a comida vegetariana pode ser incrível. O restaurante abriu em Porto Alegre há seis meses meses e a fila de espera não deixa dúvidas de que as pessoas estão, no mínimo, curiosas a respeito. Esse vídeo te ajuda a entender:

Na chegada, me deparei com estantes e mais estantes de cultivo indoor de gramíneas, kale e outras coisas que não soube identificar. Isso também faz parte da filosofia Urban Farmcy: o fortalecimento da produção urbana e hiperlocal de alimentos, reduzindo o impacto com transporte e o desperdício. >> Relembrando o que já falei aqui no blog durante o Setembro Verde, dados da FAO apontam que cerca de 33% de tudo o que é produzido anualmente no mundo vai para o lixo. Deste percentual, 54% das perdas ocorrem na fase inicial do cultivo, passando pela manipulação, pós-colheita e armazenamento. Isso não apenas dificulta o acesso global à alimentação, mas também encarece os alimentos.

Com uma filosofia raw (comida minimamente cozida) e plant based, o Urban Farmcy tem um menu colorido e de fotos primorosas. Pra comer, de salada a burguer veggie passando por uma feijoada quase vegana (comi, conto adiante). O lugar ganha muitos e muitos pontos extras pelo mobiliário de reuso, as paredes verdes “real”, as playlists incríveis no Spotify e por essa ideia genial de compartilhamento do conhecimento.

Ademais, eles têm algumas prateleiras com livros diversos – muitos sobre alimentação alternativa. Você pode levar qualquer título pra casa: basta imprimir sua foto e deixar aí no mural com seu nome, telefone, etc. Quando devolver o livro, leva a foto pra casa. <3

Num menu tão colorido e sedutor, é quase um dilema escolher o almoço. O propósito do Urban Farmcy é redefinir os conceitos de alimentação e, logo na chegada, um suquinho vivo pra energizar enquanto eu dava aquela lenta folheada no cardápio.

 


Esse prato de arroz negro com húmus, avocado e saladinhas estava delicioso e apimentado em boa medida. Não fosse o ovo, seria vegano. Juro que não era, nem de perto, um prato sem graça. Ao contrário: cheio de sabores e cores – tanto que essa imagem não tem nenhum tratamento de cor ou luz.

A minha pedida, pra saciar a curiosidade, foi a tal feijoada quase vegana. Surpreendente. No lugar das carnes, um tempero excelente e talinhos de cogumelo. A couve, o vinagrete e a farofa… tudo minuciosamente empratado, numa experiência que eu repetiria, com certeza.

 

O almoço é uma delícia, mas eu nunca disse barato. Cada uma dessas refeições saiu por R$ 50,00 – sobremesa não inclusa. Vale a pena conhecer, atentar aos detalhes e incorporar um pouco mais de consciência na alimentação.

 

Urban Farmcy

Nota no Google: 4,5 de 5,0

Nota no Foursquare: 8,7 de 10

Nota no Trip Advisor: 4,5 de 5

Rua Hilário Ribeiro, 299, Porto Alegre, Rio Grande do Sul

Aberto todos os dias, em horários variados

Facebook: clique aqui!